Angola na Imprensa

A mais recente cobertura noticiosa sobre corrupção, abusos de direitos humanos, violações da liberdade de imprensa e exclusão sócio-económica em Angola:
 
Público: “Querem meter-nos medo. Mas vão ter de libertar Nito Alves”
1 de Novembro, 2013: Está preso há 50 dias. Já passou pela cadeia de Viana, nos arredores de Luanda, e está agora na Comarca Central de Luanda, conhecida como CCL, no município de Sambizanga. Uma prisão, como outras em Angola, onde as condições são “desumanas”. “Um terror”, diz ao PÚBLICO Adolfo Campos, amigo de Nito Alves e, como ele, elemento do Movimento Revolucionário que denuncia “a corrupção, o excesso de poder e de tempo no poder” de José Eduardo dos Santos.
 
VOA: Jovem activista está doente na prisão
31 de Outubro, 2013: Pai de Nito Alvez diz que as autoridades não fornecem assistência médica ao seu filho que “perdeu muito peso”. Fernando Baptista disse que o seu filho “perdeu muito peso” e queixa-se de dores no corpo.
 
VOA: TPI confirma recepção de queixa contra governo de Angola
31 de Outubro, 2013: Datada de 30 de Setembro deste ano e assinada pelo chefe da Unidade de Informação e Evidencia da Procuradoria do TPI, M.P. Dillon a nota chegou as mãos dos membros do protectorado da Lunda – Tchokwé no dia 10 deste mês.
 
JN: Paulo Morais diz que seria “muito higiénico” investigar proveniência de capital angolano
30 de Outubro, 2013: O vice-presidente da associação “Transparência e Integridade” considerou esta quarta-feira que seria “muito higiénico” para a democracia que a justiça verificasse a proveniência do capital angolano que adquire “participações relevantes” na banca portuguesa e nas empresas do PSI-20.
 
Público: Processo que envolvia PGR angolano foi arquivado dois meses antes das desculpas de Machete
29 de Outubro, 2013: O processo do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) que envolvia o procurador-geral da República angolano, João Maria de Sousa, foi arquivado no passado mês de Julho, confirmou a Procuradoria-Geral da República.
 
VOA: Bento Kangamba envolvido no trafico de mulheres brasileiras há uma década
29 de Outubro, 2013: A polícia brasileira afirma que o esquema de tráfico de mulheres do Brasil para Angola já estava em vigor há dez anos. O chefe da polícia responsável pelo caso realçou o papel de protagonizado pelo general Kangamba, parente do presidente angolano Eduardo dos Santos.
 
Luso Monitor: Até eu já sei…
29 de Outubro, 2013: Há um slogan que passa na rádio sempre que o concerto de um dos numerosos artistas afectos à editora LS Republicano é anunciado. “Patrocinado por…Bento Kangamba. Até eu já sei!” Só que poucos sabiam que ele viria a ser acusado como o líder de uma cúpula internacional de tráfico de mulheres.
 
JN/Lusa: “Os fluxos de capital de Angola para Portugal são muito importantes nesta altura”
25 de Outubro, 2013: O presidente do Banco Espírito Santo (BES), Ricardo Salgado, abordou hoje a crise nas relações entre Portugal e Angola, considerando que estas têm que ser mantidas e, se possível, até reforçadas, e afastou um impacto negativo sobre o BES Angola.
 
MPF Brasil: Justiça federal aceita denúncia contra sete acusados por tráfico internacional de pessoas para exploração sexual
25 de Outubro, 2013: Durante as investigações que embasaram a denúncia oferecida à Justiça, na qual o MPF relata como operava a quadrilha, apurou-se que tal organização criminosa internacional contava com dois núcleos, um no Brasil, liderado por Wellington Edward Santos de Souza, e outro em Angola, liderado por Bento dos Santos Kangamba, o qual mostrou-se o principal financiador de todo o esquema criminoso responsável, em média, pela promoção, intermediação e facilitação da remessa mensal de cerca de sete mulheres brasileiras ao exterior para exercerem a prostituição, movimentando por mês o valor aproximado de US$ 500.000,00, estimando-se que, ao longo dos sete anos em que estariam realizando as remessas, os acusados tenham movimentado aproximadamente US$ 45.000.000,00.
 
VOA: DNIAP investiga agressões a manifestantes
23 de Outubro, 2013: Numa decisão que muitos consideram de surpreendente a Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal de Angola está a investigar agressões contra manifestantes na sequência de uma queixa no passado mês de Maio.



Sondagem

O governo não reconhece juridicamente a Rádio Ecclesia, não permite a sua expansão, mas apoia-a financeiramente. Há censura na emissora católica. O caso revela:

View Results

Loading ... Loading ...
Partilhar Sondagem

A guerra sem fim no leste da República Democrática do Congo



A partir do leste do Congo, a FDLR, responsável pelo genocídio no país vizinho, continua a tentar atacar o Ruanda e a atormentar a população local congolesa. Para se defenderem, as aldeias congolesas formam milícias.

Ler Mais →

Mais cinco dólares anuais por pessoa podiam salvar 187 milhões



Este pequeno investimento, até 2035, seria suficiente para os Estados mais pobres reduzirem a mortalidade. Uma maior aposta também na educação seria a alavanca para o crescimento económico, segundo a OMS.

Ler Mais →

CPLP lança campanha de combate à fome



Cerca de 28 milhões de pessoas sofrem de desnutrição no espaço lusófono. Para dar resposta ao problema, a CPLP lançou uma iniciativa internacional e pretende angariar até ao final de ano seis milhões de euros.

Ler Mais →

© 2014 Maka Angola Todos os direitos reservados.
É expressamente proibida a reprodução de parte ou da totalidade dos conteúdos do Maka Angola, mediante qualquer forma ou meio, sem prévia e formal autorização.
Caso tenha interesse em reproduzir conteúdos do Maka Angola, envie uma mensagem a [email protected] a solicitar a devida autorização.